Booking.com

Viagem de carro - de Santiago do Chile até Mendoza na Argentina passando pelo Pico do Aconcágua, pela Ponte del Inca pela estação de esqui Portillo.

29 de julho de 2017


Essa é a segunda vez que passamos por este caminho saindo de Santiago do Chile em direção a Mendoza, na Argentina. A primeira vez foi em outubro de 2015 e ainda era frio e tinha neve e agora foi em fevereiro deste ano e era muito quente e a paisagem estava muito diferente, mas também muito linda!
Neta caminho passamos pelo Pico do Aconcágua, pela Ponte del Inca peo Hotel Portillo e a aduana Chile/Argentina.

A única coisa chata foi a demora de mais de duas horas na aduana Chile/Argentina


Logo após a aduana passamos pelo Hotel Portillo (há 164km de Santiago)  onde atrás há a linda Laguna del Inca, no meio da Cordilheira dos Andes.

A cor é de um azul incrível (está sem filtro, é linda assim mesmo!)
Dá vontade de ficar horas apreciando essa paisagem divina!










Logo depois seguimos deixando mais uma laguna para trás...



e subindo a Estrada de Los Caracoles. Pelo nome dá pra imaginar o que vem pela frente: muitas curvas, um imenso caracol!









É uma região de muitos túneis e pontes. Muitos deles são dentro das montanhas...































Um dos presentes do caminho é a Puente del Inca.


"Mística e deslumbrante, a famosa “Puente del Inca” tem uma história cheia de lendas para explicar sua formação estranha. A formação geológica curiosa é suspensa 27m acima do rio Caves, estalactites penduradas, suas agulhas de gelo e o amarelo da paisagem colorida é impressionante devido a recepção contínua de enxofre. Sob a ponte natural e majestosa, uma construção protege pequenas piscinas onde a água corre mineralizada e de alto valor terapêutico.
Considera-se que a Ponte Inca recebeu esse nome após visitas frequentes dos índios que trouxeram essa cultura, atraídos pelas propriedades curativas de suas águas. A área fica mais ornamentada por traços de um hotel de luxo que foi quase completamente destruído pela enchente que atingiu a região em 1965. Em seu auge, o hotel foi capaz de acomodar pessoas importantes que vieram para desfrutar das águas termais, mas agora atrai um enorme número de turistas para os traços de seu passado".(fonte: Nossa Mendoza)










Como era antes de ser derrubada por uma avalanche de neve.








Mais detalhes no vídeo:





















Veja também:


Você pode acompanhar todas as novidades pelas nossas redes sociais:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...