Você sabe como iniciou o novo modo de pensar moda: O Slow Fashion?

23 de janeiro de 2018


Muito tem se falado em uma nova forma de ver a moda,

uma visão mais consciente e com propósito.




Mas você sabe como essa ideia começou a ser formada?

Segundo Garcia apud Marchioro (2010) a ideia de slow fashion, ou, slow design, surgiu em 1986, na Itália, no âmbito da gastronomia em paralelo com o movimento slow food, uma corrente que defende que a busca do prazer, ao praticar culinária, deve estar tanto no ato do preparo do prato quanto na degustação dos alimentos, em oposição ao fast food, que são pratos rápidos, com ingredientes processados, pouco nutritivos e trabalhadores mal remunerados. E no caso do vestuário há muitas semelhanças nos conceitos tanto no slow quanto fast food, pois enquanto no fast fashion não se dá muita importância para quem criou as peças, como foi sua produção, sua qualidade e seus prejuízos ambientais e dos trabalhadores com más condições, no slow fashion o pensamento segue o caminho de criação da cozinha lenta. Neste processo, a criação dá ênfase ao design selecionando matérias primas, buscando qualidade e fabricação de peças duráveis e atemporais.




O slow fashion vincula-se a proposta de desaceleração da moda e consumo desenfreado na busca de uma relação mais equilibrada entre a moda e o consumidor através de um conceito sustentável e valorização do potencial criativo.



A indústria do vestuário ainda precisa de adaptação e conhecimento nesse novo modo de pensar moda e por isso o slow fashion está sendo inserido no mercado aos poucos.

No momento em que são buscados os profissionais que se dedicam a expandir esse conceito de moda disseminado pelo slow fashion encontram-se vários exemplos de  estilistas que estão investindo nessa filosofia da moda lenta.

A estilista sueca Sandra Backlund é considerada a precursora do Slow Fashion. As peças de Backlund são todas feitas à mão pela própria estilista, e defendeu seu estilo ao se recusar a participar da temporada de moda em Londres, justamente por ser contra o ritmo alucinante da moda. Ela já fez peças por encomenda para clientes como Bjork e colaborou também com a Louis Vuitton em algumas peças da coleção outono/inverno 2007/08.O texto expõe parte de entrevista dada pela estilista onde ela conta que o corpo humano é sempre o ponto de partida de suas coleções. Ressalta que é realmente fascinada por todas as maneiras possíveis de realçar a silhueta natural com roupas e acessórios. Backlund lembra que percepção do feito à mão é realmente muito importante e que experimentou muito com diferentes materiais e técnicas, mas foi com a colagem em malharia de lã que encontrou a maneira de expressar-se. (FASHIONBUBLLES, 2009).



Fonte: site da estilista

No mercado gaúcho, a estilista de Lajeado, no Rio Grande do Sul, Helen Rödel traz em suas coleções o estilo artesanal.

 Fonte: site da estilista

O Slow fashion é um movimento que traz uma opção mais consciente para o universo da moda pensada a longo prazo, ainda é considerada uma contratendência, mas é um território rico a ser explorado. 


Um bom exemplo de que tem surgido vários seguidores dos preceitos dessa “moda lenta” é o retorno aos ateliês, onde as peças adquiridas são confeccionadas sob medida, e apesar de ás vezes serem mais caras, o consumidor paga porque está comprando exatamente o que quer.


Com o aumento da preocupação com sustentabilidade, a valorização da qualidade e personalização no vestuário está cada vez mais evidente na vida das pessoas, 
não sendo apenas uma tendência de moda, 
mas uma necessidade de sobrevivência das empresas de se adequar a uma nova visão de mundo.





2 comentários:

  1. adorei a ideia, mas quem não vai gostar são os fabricantes de modinhas, bem como os comerciantes.... amo reciclar, repetir, usar à vontade e saber que a peça conta um pouco da minha história! bjs

    ResponderExcluir
  2. Sou super a favor e não tenho o hábito de descartar peças que ainda me servem e continuam em bom estado só por causa da moda, por isso gosto de investir em boas peças que vão se somar as demais no meu closet. bjs!

    ResponderExcluir