DANIEL LEE É NOMEADO DIRETOR CRIATIVO DA BOTTEGA VENETA

17 de junho de 2018


A Bottega Veneta anuncia a nomeação de Daniel Lee como seu Diretor Criativo,
 a partir de 1º de julho de 2018.

Um designer experiente, Daniel Lee foi, mais recentemente, Diretor de Design Ready-to-Wear da Céline. Com 32 anos e de nacionalidade britânica, Daniel Lee é graduado pela Faculdade de Arte e Design da Central Saint Martins. Antes de ingressar na Céline em 2012, trabalhou na Maison Margiela, Balenciaga e Donna Karan.

François-Henri Pinault declarou: "Estou muito feliz em receber Daniel Lee na Kering como diretor criativo da Bottega Veneta. A singularidade de sua visão inspirada por uma abordagem criativa muito individual me convenceu de que ele era o mais capaz de inciar um novo capítulo na história da Maison. Seu trabalho é caracterizado por um grande rigor, um domínio das técnicas de ateliê, uma verdadeira paixão por materiais e uma energia que eu mal posso esperar para ver tomar forma na Bottega Veneta".

Claus Dietrich Lahrs, CEO da Bottega Veneta, disse: "Daniel Lee tem uma profunda compreensão dos atuais desafios da Maison, tanto em termos de criação quando de desenvolvimento. Ele trará à Bottega Veneta uma linguagem criativa nova e distinta que continuará construindo o sucesso da Maison sobre as ambiciosas bases já desenvolvidas nos últimos anos ".

Daniel Lee disse: "Estou honrado e entusiasmado em dar continuidade ao legado que foi criado na Bottega Veneta nas últimas cinco décadas, mantendo os códigos tradicionais da Maison - habilidade, qualidade e sofisticação. Estou ansioso para evoluir o que já foi feito, contribuindo com uma nova perspectiva e modernidade."

Ao confiar toda a direção criativa da Bottega Veneta a Daniel Lee, um talentoso jovem designer, o grupo Kering continua a colocar uma criatividade ousada e audaciosa no centro de sua estratégia.



Sobre o Kering

Um grupo global de luxo, Kering gerencia o desenvolvimento de uma série de renomadas Maisons de moda, artigos de couro, joalheria e relojoaria: Gucci, Saint Laurent, Bottega Veneta, Balenciaga, Alexander McQueen, Brioni, Christopher Kane, Tomas Maier, Boucheron, Pomellato, Dodo, Qeelin, Ulysse Nardin, Girard-Perregaux, assim como Kering Eyewear. O grupo Kering permite que suas Maisons busquem novos limites em termos de expressão criativa conforme criam o Luxo de amanhã de maneira sustentável e responsável. Capturamos essas crenças em nossa assinatura: "Empowering Imagination". Em 2017, o Kering tinha cerca de 29.000 funcionários e uma receita pró-forma de € 10.823 bilhões.


Sobre a Bottega Veneta

Imersa nas tradições dos mestres artesãos de couro italianos,a Bottega Veneta nutriu um novo padrão de luxo desde sua fundação em 1966, na região de Veneto. Surgiu com uma filosofia italiana única de art de vivre definida por quatro firmes princípios: artesanato excepcional, design atempora porém inovador, praticidade contemporânea e materiais da mais alta qualidade. O lema histórico, "Quando suas próprias iniciais bastam", transmite um conceito de individualidade e confiança que agora se aplica a uma gama completa de coleções para mulheres e homens: bolsas, pequenos artigos de couro, além de prêt-à-porter, sapatos, jóias, móveis, fragrâncias, óculos e acessórios. Bottega Veneta faz parte do grupo global de luxo, Kering.

Você pode acompanhar todas as novidades pelas nossas redes sociais:

Nenhum comentário:

Postar um comentário