5 Oficinas e minicurso gratuitos ensinam a fazer acessórios com materiais acessíveis ou reaproveitados, com foco na geração de renda extra

26 de julho de 2018

Projeto "Fazer Render!" acontece em agosto no Sesc Pompeia e é aberto ao público geral. Para participar das oficinas, basta retirar senhas com 30 minutos de antecedência. Inscrição para o curso pode ser feita a partir de 1/8, na Central de Atendimento da unidade


Durante o mês de agosto, acontece no Sesc Pompeia o projeto Fazer Render! Composto por oficinas e um curso de curta duração de artes manuais com materiais acessíveis e/ou de reaproveitamento.
A programação visa ao desenvolvimento técnico e criativo dos participantes e, com foco na geração de renda extra, estimulam a confecção de objetos e acessórios que podem ser comercializados.
Proposto pelo Núcleo de Oficinas do Sesc Pompeia, o projeto inclui cursos de artesanato com uma "pegada" moderna; de tear alternativo para o desenvolvimento de acessórios diferenciados; e de pintura e customização de jeans, por exemplo.
"A programação proposta tem como mote a democratização, a troca e a multiplicação de conhecimento por meio do fazer artístico e da ampliação das discussões sobre novos formatos de atividades artísticas do fazer manual", explica Gabriela Carraro supervisora do núcleo das Oficinas.
As atividades são voltadas para um público diverso, interessado em artes manuais e na produção de pequenas peças para comercialização. "Por serem atividades artísticas, as ações estimulam o pensamento criativo por meio das manualidades. Além disso, serão utilizados materiais excedentes de projetos anteriores, disponíveis no almoxarifado das Oficinas e de valor acessível no mercado, tais como fio de malha, miçangas, algodão cru, tinta para tecido, novelos já começados de lãs e linhas para tecelagem e sobras de tecido variadas", conta a supervisora.

Confira a programação completa:
Fazer render! Projeto de oficinas e cursos de curta duração de artes manuais, com foco na geração de renda extra, pelo desenvolvimento técnico e criativo dos participantes para a confecção de objetos e acessórios para comercialização.
Oficinas
Retirada de senha com 30 minutos de antecedência, na Loja Sesc.


Acessórios em tear alternativo
Orientação: Sarah Lopes
De 1 a 29/8, quartas, às 14h30
Capacidade: 15 vagas

Nessa oficina, os participantes aprendem a criar pequenas tramas tecidas em um tear alternativo, para confeccionar acessórios diferenciados.
Sarah Lopes é artista têxtil. Formada em Design de Moda pela UNIBAN e Tecelagem pela Escola Senai, trabalhou com confecção de roupas, e atualmente dedica-se ao trabalho manual. Atua como professora de tear manual e bordado em cursos livres em unidades do Sesc, ateliês particulares e universidades, além de realizar intervenções têxteis urbanas.

Artesanato moderno
Orientação: Vivian Braga
De 2 a 30/8, quintas, às 14h30.
Capacidade: 15 vagas

Oficinas de artes manuais com materiais simples e acessíveis, porém com um olhar criativo e moderno, voltadas para quem deseja criar acessórios e objetos para vender. A cada oficina será feito um objeto diferente a partir dos materiais disponíveis: pintura em tecido, bijuterias com miçangas, luminárias de papel, estamparia com carimbos, entre outros.
Vivian Braga é artesã. Com 33 anos de profissão tem como foco o manuseio e a transformação de diferentes materiais, incentivando alunos ao reaproveitamento com o objetivo de fazer com que a arte contribua para o desenvolvimento do sentido de cidadania.

Crochê com fio de malha: utilitários
Orientação: Paty Nakamura
De 4/8 a 8/9, sábados, às 10h30.
Capacidade: 15 vagas

Oficina de técnicas de crochê com fio de malha para confecção de objetos utilitários, como cestos organizadores e suportes de planta. São ensinados os pontos básicos para crochetar uma base circular, que pode ser replicada na feitura de outras peças, como tapete e jogo de mesa. Além de ser um material acessível, o fio de malha é fácil de ser utilizado com a técnica do crochê, e tem sido muito valorizado comercialmente.
Patricia Nakamura é artesã há 10 anos. Especializada em crochê e criação de amigurumis. Orienta oficinas em bazares e feiras de artesanato, e ministra aulas no Canal Artesanato desde 2014. Desenvolve o projeto Crochedermia, que trabalha os conceitos de taxidermia com a técnica do crochê. Seus trabalhos já foram publicados na revista Make, referência no universo do artesanato contemporâneo.

Pintura em tecido: jeans moderno & descolado
Orientação: Céu Handmade (Celina Spolaor e Danielle Hansen)
Dias 4 e 18/8, sábados, das 14h30 às 17h30.
Capacidade: 20 vagas

Uma peça de jeans leva em média 10 litros de água para ser fabricada. Que tal repensar o destino daquele jeans usado? Nessa oficina, as designers ensinam técnicas fáceis para criar desenhos – sem precisar "saber desenhar" – pintar e dar cara nova para aquela peça de jeans que seria descartada. Em paralelo à prática, serão apresentadas referências visuais para ampliar o repertório criativo dos participantes.
Celina Spolaor é formada em publicidade e propaganda e pós graduada em moda, criadora da Céu Handmade. Danielle Hansen é formada em administração de empresas com ênfase em comércio exterior, entrou para a marca em 2016 para contribuir com a sua experiência na área de gestão e trabalhar com o que sempre sonhou: moda e customização. A Céu Handmade é muito mais que uma marca de roupas: uma marca de incentivo ao reaproveitamento de moda que atua em várias frentes para fazer com que as pessoas consumam de forma mais consciente, comprando peças produzidas de forma ética.
Curso
Inscrição: a partir de 1/8, na Central de Atendimento do Sesc Pompeia

Upcycling & customização: criação com roupas reaproveitadas
Orientação: Céu Handmade (Celina Spolaor e Danielle Hansen)
De 7 a 23/8, terças e quintas, das 11h às 13h.
Capacidade: 20 vagas

Curso teórico e prático com base nas ferramentas de pesquisa e métodos que a Céu Handmade usa para criar coleções com customizações e upcycling; ida à um brechó para garimpar peças; teoria sobre moda sustentável, aulas práticas de customização e transformação de roupas com estamparia manual, pintura e bordado. Ao final, cada aluno cria três novas peças a partir de roupas já existente.
Celina Spolaor é formada em publicidade e propaganda e pós graduada em moda, criadora da Céu Handmade. Danielle Hansen é formada em administração de empresas com ênfase em comércio exterior, entrou para a marca em 2016 para contribuir com a sua experiência na área de gestão e trabalhar com o que sempre sonhou: moda e customização. A Céu Handmade é muito mais que uma marca de roupas: uma marca de incentivo ao reaproveitamento de moda que atua em várias frentes para fazer com que as pessoas consumam de forma mais consciente, comprando peças produzidas de forma ética.


Sesc Pompeia – Rua Clélia, 93.
Não há estacionamento. Para informações sobre outras programações, acesse o portal sescsp.org.br/pompeia


Acompanhe!
instagram.com/sescpompeia 
facebook.com/sescpompeia
twitter.com/sescpompeia



Um comentário:

  1. Gosto muito do Sesc Pompéia, não sabia do projeto. Acho legal a iniciativa deles.

    ResponderExcluir