3 formas de chegar à Machu Picchu

19 de janeiro de 2019

Quando decidimos viajar ao Peru e começamos nossa pesquisa de roteiro, custos e tal...
nossa primeira opção era contratar uma agência para organizar nossa férias tão esperadas.
Mas depois analisar os pros e os contras resolvemos arriscar e ir por nossa conta e risco!

Compramos as passagens e fizemos as reservas para os dois primeiros dias em Cuzco para garantir não "ficar na rua" e fizemos um roteiro com todos os lugares que poderíamos visitar em 11 dias.
A ideia era chegar em Cuzco e , no primeiro dia, organizar os passeios conforme a disponibilidade nas agências locais. E, claro, que fomos agendar primeiro Machu Picchu porque (loucamente) deixamos para comprar as entradas lá e não ainda no Brasil, como é altamente recomendado!
Nossa viagem foi em setembro, que não é alta temporada, então arriscamos. E deu certo...chegamos na terça e conseguimos entradas para o próximo domingo. O próximo passo era decidir o meio de transporte. No Brasil, as agências que visitamos nos informaram que a única maneira de viajar de Cuzco à Machu Picchu era de trem. Mas não é. Há a Trilha Inca onde você pode fazer todo o caminho a pé, durante alguns dias e a viagem de van até a hidrelétrica e depois caminha mais 10km a pé ao lado dos trilhos.Nós escolhemos para ida a segunda opção: van+10km a pé! E muita coragem...O valor é extremamente mais baixo do que o trem e o caminho é lindo!Mas, cansativo.

Como foi:
Saímos com a van do centro de Cuzco as 7: 00 da manhã. Seguimos por caminhos(lindos) de muitas curvas e uma altitude complicada para alguns. Mas eu não tive problemas desta vez. Diferente da Montanha Colorida onde sofri com os 5.200m !

Nos vídeos há partes do caminho que seguimos.

A previsão era de 6 horas de viagem até a hidrelétrica, almoçaríamos e partiríamos para caminhada de 10km até Águas Calientes, mas...tinha um protesto peruano no meio do caminho. E aí complicou nossa vida. Ficamos esperando horas para ser liberada a pista pelos manifestantes e por tres vezes tentamos ir seguindo o caminho a pé e e a van ia nos "recolhendo" pelo caminho...hehehe. E a gente pensando que a aventura seria os 10km!!
Quando finalmente chegamos a hidrelétrica já era escuro e seguimos nossa caminhada no escuro. Felizmente era uma noite linda de lua cheia!

Conhecemos pessoas incríveis nessa "jornada" e no final tivemos mais histórias pra contar do que o esperado!


Chegamos em Águas Calientes, cidade que fica nos pés de Machu Picchu e fomos ao hotel descansar. Essa é a praça do centro:

Essa ponte de acesso ao centro:

No outro dia precisávamos acordar as 5:00hs para comprar as passagens de onibus para subir Machu Picchu( pode ser feito a pé, mas estávamos sem condições-não recomendo) e também as passagens de trem para volta porque não queríamos arriscar não voltar no mesmo dia para Cuzco por causa dos protestos e também poderíamos conferir o caminho de trem e conhecer as duas opções.
Valeu madrugar. Conseguimos as últimas passagens!Ufa!!
Abaixo a fila para o ônibus que vai até Machu Picchu as 6hs da manhã em Águas Calientes.
É extremamente importante ir pela manhã!! Você chega cedo e tem oportunidade de tirar fotos lindas na luz da manhã e sem muitas pessoas nos melhores pontos para aparecerem nas suas fotos! Hehehe


Chegamos à Machu Picchu!A manhã estava linda!

E só falo uma coisa: valeu muito a pena!!
O lugar realmente é incrível!
As construções inacreditavelmente arquitetadas de maneira impensável para época!
Meus Deus como os incas conseguiram carregar todas aquelas pedras naquela altura?!!





As lindas e amadas lhamas e alpacas estão por todos os lados:





Não esqueça de carimbar seu passaporte na saída!


                    Fizemos a descida da Montanha até Águas Calientes pelo caminho a pé.
Mas aviso... precisa de um certo preparo! Mesmo sendo só descida, são muitos degraus irregulares.

Na volta retornamos de trem onde o caminho é também muito lindo!
Na foto à direita detalhe da janela do trem que tem vidro na parte superior que permite visualizar as montanhas!







Nas próximas postagens mais sobre a viagem ao Peru e seus lugares inusitados!




Um comentário: